domingo, junho 28, 2009

Investigadores do Museu da Lourinhã em peso em África

Ricardo Araújo e Rui Castanhinha vão para Moçambique; Octávio Mateus para Angola... parece que aprendemos bem a lição de Louis Jacobs no seu livro "In the Quest for African Dinosaurs". De facto, a paleontologia africana é um mundo por descobrir e há mais de meio século que algumas formações não são olhadas com o olho "clínico" de paleontólogos. Alea jacta est! Aqui vamos nós!

2 comentários:

ana_ave disse...

Boa viagem!
Que África venha a ser o novo paraíso para os paleontólogos!

Saudações dinogeológicas

Octavio Mateus disse...

Obrigado! África continua a ser o continente inexplorado na paleontologia, onde a sorte e a audácia ajudam muito.