sábado, fevereiro 28, 2009

Estudar nos EUA: como fazer?


Se estás a pensar em estudar nos Estados Unidos, fazes bem! É, em muitas áreas, entre as quais a paleontologia, a Grécia dos tempos modernos. Contudo estudar do outro lado do Atlântico apresenta um desafio por si só! Alguns conselhos e processo normal:

1) Aumentas as possibilidades de seres colocado na Grad School (mestrados e doutoramentos) se já tiveres alguma forma de financiamento cá (e.g. Fulbright, FCT, etc.)

2) Convém começar todo o processo pelo menos um ano antes! E isto é a sério! A burocracia de que é preciso tratar é absolutamente avassaladora e como muitas Universidades Portuguesas ainda não estão habituadas à ideia de mobilidade isso pode desencadear obstruções graves.

3) Um ano antes deves ter um "personal statement" escrito (um texto de índole muito pessoal que explica as razões mais profundas que sustentam uma candidatura), um "studies objectives" escrito (ensaio de carácter mais académico que deve incidir na temática em causa, objecto de estudo e metodologias).

4) Deves fazer uma investigação pormenorizada sobre os programas a que te queres candidatar: se se adequam ao teu currículo, se são aquilo que queres, qual é o professor que queres que seja o teu orientador durante dois anos (mestrado) ou cinco anos (doutoramento), qual o currículo do professor, qual a taxa de empregabilidade dos ex-alunos desse professor.

5)Em Setembro/Outubro tens de ter o GRE (Graduate Register Examination) e o TOEFL feitos! Isto são dois exames rídiculos que se têm de fazer para entrar na Gradschool. O TOEFL testa o teu nível de proficiência de Inglês, o GRE avalia... não sei muito bem o quê... segundo eles avalia as valências adquiridas ao longo do teu percurso escolar e académico (ao contrário de um teste de QI que testa qualidades inatas). No final de contas, o meu estudo para o GRE resumiu-se a decorar o significado de mais de 5000 palavras eruditas e recambulescas em inglês e a a aprender a fazer contas de cabeça mais rápido... foi tudo... Se acreditam que até sabem falar inglês e tal, o GRE vai disprovar isso mesmo. Caso contrário digam-me de cabeça o que quer dizer: "lackadaisical" ou "plutocratic"!

6) Lá para Dezembro já devem ter submetido as vossas candidaturas às diferentes universidades (5 é o nº ideal de universidades a que se devem candidatar, podem assim manter um espectro amplo de tipos de universidades diferentes e não gastar muito dinheiro... porque cada candidatura são para aí uns 100$).

7) Depois é aguardar... de Fevereiro até Abril deverão saber o resultado das vossas candidaturas. Geralmente o ano académico começa de Julho a Setembro. Podem entretanto ir pedindo o Visto e as declarações médicas (sim, porque eles não querem gastar muito dinheiro contigo!).


Alguns sites para mais informação:

About.com
Admissions.com (Monster)
Gettingingradschool.com
GradSchools.com
Gradschooltips.com
Gradview.com (Hobsons)
Kaplan
Offtocollege.com
Petersons
PhDs.org
Princeton Review
Studenttools.com
Masterstudies.com
StudyPlaces.com

Bom trabalho!

Fotografia: Ricardo Araújo, dente de mastodonte.

1 comentário:

Observador disse...

muito bom seu site. Parabéns!
Te tb um outro site com informações úteis sobre isso. é em: http://estudar-nos-eua.blogspot.com/
Valeu, abraço